sábado, 1 de setembro de 2007

Poesia do Menino para a menina

DE R PARA F
F... des do começo
No primeiro olhar
Não sei o que vi em você
Só sei que até hoje tenho
Este amor que no meu coração
Só faz arder
Amo, eu amo demais
De que adianta amar tanto assim
Até sofrer e não ser amado
Sei que nem sou
Pequena poeira perdida em seu prado.
Você não percebe o tanto de amor
Que tenho pra dar
Desculpe por aqui parar
É que meu coração não tem mais
Palavras para te falar.

SEM TER VOCÊ
Amor você me enlouqueceu
Com você em minha mente
O meu coração doeu
Pensar em você sem ti Ter
É o mesmo que estar preso
E pensar em viver
Os outros falavam
Para te esquecer
Mas eu não dava ouvido
Sem você em minha vida
Não tem sentido.

AMOR FATAL
Dizem que amor pode matar.
Se isso é verdade
Eu vou te assassinar
Não adianta fugir
Com você vou acabar
Usando minha arma
Que é tanto te amar
____

SOLIDÃO
Cada vez que te olho a tristeza vem em mim
A vida sem você é um abismo sem fim
Te amo demais você finge não perceber
Tanto amor tenho pra dar
Você não quer receber
Quando penso em você minha mente lateja
Quando penso em te ter meu coração festeja.

COM TERNURA E AMOR
Se tu estiver aqui
O mundo estará aos meus pés
Pois amor ,simpatia e ternura
É o que tu és.
Quero você pra mim,até o fim
Pois preciso de amor e ternura
E tu és isso pra mim.

NA AULA
Enquanto eles trabalham
Eu estou descansando
Sempre que estou parado
Em você fico pensando.
A professora em sala
Não para de falar
E eu aqui calado
Não paro de te amar.


NA ESCURSÃO
Vamos para uma hora de viagem
Mas mesmo sem janela,
Você é uma paisagem.
Como é lindo o mar em seu prado
E está triste meu coração apaixonado.
Não posso me conter, com a beleza do mar
E olhando pra você
Fico mais a me apaixonar.

Ver você é demais para minha paixão
Só em te olhar vibra o meu coração
Ter o seu amor é como um sonho dourado
E´toda felicidade
Para meu coração apaixonado.


MORTE PARA QUEM AMA
Meu bem, vou voar de tanto te amar
Se você não me corresponder
Sou capaz de me matar.
Se você não me amar , a cova eu vou cavar
Pois se você de mim não gosta
Minha vida vai acabar.


QUERIDA
Venha logo quero te você pra mim
Pena que você não me goste
E nada seja fácil assim
Não é de Flávia que eu devo te chamar
É de meu amor
Para corresponder ao tanto que eu devo lhe amar

Morte para quem ama
Meu bem,vou voar de tanto te amar
se você não me corresponder
sou capaz de me matar.
Se você não me amar,a cova vou cavar
pois se você de mim não gosta
minha vida vai acabar.

Querida
Venha logo quero ter você pra mim
pena que você não me goste
e nada seja fácil assim
Não é de flávia que devo te chamar
é de meu amor
Para corresponder o tanto que eu devo lhe amar.

Amor sem fim
Meu amor por ela,é um amor que nunca acaba
só temo que no coração dela
eu nunca caiba.
Um amor estranho amor sem retribuição
por estes e outros motivos
ele dói em meu coração.
O tanto que a amo ninguém nunca vai amar
é uma paixão tão grande
que nunca vai acabar.
É um amor tão grande é um amor de louco
está sempre a crescer
cada segundo um pouco.
É um amor bonito compreendam por favor
não é nenhuma brincadeira
é o verdadeiroAmor.

Mudo
Perto de você eu confundo tudo
de tanto que te amo
chego a ficar mudo.


Você (vc fez essa depois que escutamos juntos a música do roberto carlos"Olha")
Olha você tem todas as coisas
que alguém pode sonhar
ternura,amor e simpatia
é o seu olhar.
Paixão e um sonho dourado
eu quero lhe dar
venha para os meus braços
preciso te amar.
Sabe que meu amor por você nunca vai acabar
o mundo pode ir
mas o nosso amor não vai passar.

Amor inexplicável (creio q vc fez essa qdo eu disse q ia embora)
Meu amor,por mais longe que tuvás
não se esqueça de em sua mente me levar
pense sempre em mim que te amou
e sempre vai te amar.
Meu amor você pra mim é toda paz
você é uma pessoa que em minha vida
nunca vai ficar para trás.
Se eu digo que te amo
pode acreditar,é verdade
e se digo que te adoro
é pura realidade.

Tentando compreender o mundo.
Embora haja a morte,embora haja a dor
precisamos fazer que em nosso coração
exista o amor.
Amaldade do mundo é uma coisa tão louca
mas se existir mais amor
a maldade será tão pouca.
O mundo é imcompreensível com assaltos ,roubos e furtos
mas se existir a paz,o amor será mais astuto.


Uma dor estranha
A sede me tomou conta sem sequer ter perdão
mais a maior sede,é não ter seu coração
Dentro do meu coração a tristeza sem fim
vem me machucar como uma flecha em mim.
É uma coisa estranha nunca para de doer
sempre apertando em mim que nem posso me conter
Esta dor está sempre em mim a me machucar
é uma coisa estranha que nunca vai passar.

A hora chegou
Nesta vida todos nós precisamos de amor
para mim você comigo é o que tem mais valor.
Você me aceitou é um momento especial,
tomara que em nosso amor não haja um ponto final.
Não há de haver injustiça para quem nunca errou
Não há mais de haver tristeza para um coração que tanto esperou.
Ps:(essa vc sabe qdo escreveu,né)

Silêncio( vc escreveu essa junto com o prof Rondon)
O silêncio é a paisagem do ar
mas a grande poluição
é quando em hora proibida
se escuta alguém falar.


Esta está sem título e é a última,que está com a sua letra.:
Pense se alguém não gostar de você não fará mal,
mas se você não gostar de alguém pode ser até fatal.
Pense brigar não é a melhor solução,
então por favor não brigue sem razão.

8 comentários:

Brendinha disse...

Adorei todas as poesias
Quem escreve?
Muito bom o blog!
Beijos

Giovanna disse...

Nus eu amei todas as poesias...amei mesmOOoO

keke disse...

eu adorei essa poesia quem fez essa poesia? esta de parabens mas eu adorei medar uma resposta quem fez essa poesia?
beij esta de para bens esse
e muito bom o blog!
beij

keke disse...

eu adorei essa poesia quem fez essa poesia em ?
olha e muito bonita quem fez esta de parabens?
e um espeta culor
e muito bom o blog!
beij

Fanyh'H disse...

É liindo os poemas

Jaquelline Silvr disse...

Oii!!
Tudo bem?? Caramba!! Adorei sua poesia! Parabéns! Tão difícil encontrar garotos que gostem de poesia viu!!

stefhany caroline disse...

kkkkkkkkkkkk

Flá Perez (BláBlá) disse...

quem fez essas poesias foi um menino de 12 anos, lá pelos idos de 1978 ou 79.
Fez todas pra mim, quando estudávamos na mesma classe da escola.
Ele deixou a poesia e foi ser advogado
Hoje nos reencontramos e somos amigos.